segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

A Colônia de Pescadores de Santarém e a Educação em 1926


No dia 15 de dezembro do corrente, a Colônia de Pescadores desta cidade fez inaugurar mais uma escola para os filhos de pescadores, no núcleo denominado Igararé Assú, contendo presentemente o referido estabelecimento de ensino que tomou o nome de Comandante Burlamarqui, cerca de cinquenta crianças matriculadas.
A solenidade foi presidida pelo presidente da Colônia, sr. Raimundo Blair Maciel, com a assistência do agente da Capitania dos Portos, sr. Portilho Bentes e de grande número de associados. Cogita ainda a Colônia Z 11 inaugurar, no próximo ano, outra escola no lugar Saracura, preenchendo assim nobremente os seus fins. Disseminar a instrução primária é o maior ato de patriotismo que se faz a este país. 

Futebol em prol da reforma da Catedral em 1926


Magnifica foi sem duvida a tarde esportiva de 15 de novembro do corrente em que as turmas principais do Santarém Sport Club e Santa Cruz Sport Club se encontraram em amistoso match em beneficio das futuras obras da Catedral.
Perante numerosa assistência a pugna se desenrolou empolgante, arrancando dos espectadores fortes aplausos e incessantes incentivos.
Mais treinado que o adversário, o Santa Cruz conseguiu abater o Santarém que, não obstante menos preparado, vendeu caro a derrota após uma luta brilhante e renhida.
Arbitrou a partida o sr. Francisco Moreira, ainda que mostrasse desejos de acertar, andou muito indeciso, prejudicando em grande parte os players do Santarém.

Dados econômicos de Monte Alegre em 1862


Municipio de Monte-Alegre. Existe uma olaria com 4 braços empregados no serviço, que exportou alguns tijollos e potes no valor de 300$000 rs.
Dos principaes artigos de producçaõ agricola e industrial foraõ exportados:
Cacáo – 4,000 arrobas – 20:000$000
Peixe salgado – 6,000 arrobas – 18:000$000
Existem 49 fasendas de creaçaõ de gado vaccum e cavallar com 72 braços livres e 15 escravos, contendo 18,357 cabeças de gado comprehendidas ambas as especies. 

Dados sobre a Economia na cidade de Óbidos em 1862


Município de Obidos. Os principaes artigos de producçaõ agricola e industrial exportados foraõ os segnintes:
Cacáo – 82,128 arrobas – 410:640$000
Castanha – [peso não identificado] – 2:400$000
Peixe – 4,200 arrobas – 12:600$000
Existem 44 fasendas de creaçaõ de gado vaccum e cavallar e 320 de cultura de cacáo e de café, contendo as primeiras 4,000 cabeças de gado vaccum e 145 do cavallar, com 120 braços livres e 88 escravos empregados no serviço, e as segundas 1,380 livres e 960 escravos.

Alguns dados da Economia em Alenquer em 1862


Municipio de Alemquer. – Dos principaes artigos de producçaõ agricola e industrial do municipio foras exportados.
Cacáo – 16,000 arrobas – 80:000$000
Castanha – 12,000 alqueires – 30:000$000
Dita sapucaia – 1,300 alqueires – 15:600$000
Peixe salgado – 8,000 arrobas – 24:000$000
Existem 55 fasendas de creaçaõ de gado vaccum e cavallar com 80 braços livres e 30 escravos empregados no serviço, e 12 mil cabeças de gado de uma e outra especie, e 300 de cultura com 300 braços livres e 100 escravos. 

Um relato sobre a Economia em Santarém em 1862


Municipio de Santarem. – Existem n'este municipio 1 engenho de fazer agoardente e assucar movido por agoa com 30 braços empregados no serviço e 1 fabrica de fazer vinho de cajú.
O engenho produzio 600 frasqueiras de agoardente e 400 arrobas de assucar.
Dos principaes artigos de producçaõ agricola e industrial foraõ exportados:
Cacáo – 40,000 arrobas – 200:000$000
Castanha – 10,000 alqueires – 20:000$000
Feijaõ – 200 alqueires – 1:200$000
Oleo de cupahiba – 80 canadas – 800$000
Peixe salgado – 4,000 arrobas – 20:000$000
Salsa – 100 arrobas – 900$000

domingo, 8 de dezembro de 2019

Notícias sobre indígenas em Itaituba em 1862

Municipio de Itaituba. Na parte do rio Tapajós pertencente a este município contão-se 3 aldeas de Mondurucús á baixo da villa, e á margem do rio. E á cima da mesma villa 10 malocas á beira do rio, e 19 outras nas campinas ali existentes, todas compostas de indios da tribu Mondurucú, a saber:
As 3 aldeias existentes – contendo 853 almas;
As 10 malocas abeira do rio – 1738 almas;
As 19 malocas nas campinas centraes – 7315 almas;
[Total de] 9907 [indígenas Mondurucús].
Na mesma margem do rio ha 4 malocas da tribu Maués com 278 pessoas, e nas terras centraes 28 malocas com 5379 almas, o que dá uma população de 5657 índios Maués.

Turma de Primeira Eucaristia em Óbidos



Fotografia de fins da década de 1930 ou início da década de 1940, mostrando uma turma de primeira eucaristia posando para uma foto na frente da Capela de Bom Jesus, tendo, em destaque o alpendre do templo, com suas colunas e escadaria de acesso que foram retiradas em reformas posteriores. Acervo cedido ao blog pela amiga “Ida” Marinho.

Confrarias religiosas em Óbidos na década de 1940



Representantes das quatro confrarias de leigos existentes na paróquia de Santa Anna, em Óbidos, na década de 1940. Marianos, Filhas de Maria, Apostolado de Oração e Confraria de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, posam com suas bandeiras ou estandartes juntamente com o pároco: Frei Floriano Loewenau, que mais tarde viria a ser o primeiro Bispo da Prelazia de Óbidos. Acervo cedido ao blog pela amiga “Ida” Marinho.


Notícias sobre indígenas em Óbidos em 1862


Municipio de Obidos – Naõ ha aldeias de indios neste municipio, nem consta a existencia de malócas em lugar sabido. Asseguraõ-me, porém, algumas informações recebidas, que existe no rio Trombetas grande numero de índios selvagens, que vagueiaõ nas matas acima das cachoeiras d'aquelle rio.
Segundo o testemunho de um explorador de nome Thomaz Antonio d'Aquino, que na supposiçaõ de encontrar riquezas n'aquelle rio, subio pelo seu principal ramo denominado Camiuá até encontrar as cachoeiras, e deste ponto em diante seguio caminho por terra por espaço de 13 dias consecutivos; encontrou n'esta paragem uma grande tribu selvagem de côr quasi branca, e semelhante ao typo que nesta provincia se chama vulgarmente mameluco.
Refere este individuo, que os homens desta tribu usavaõ apenas um cinto de embira trançada, e compridos os cabellos do meio da cabeça para traz, tendo por adorno urna delicada trança de palha nos delgados dos braços e das pernas.

Sobre a Colônia Militar de Óbidos em 1862


OB1DOS. Esta colonia situada a uma legua de distancia da cidade deste nome, e na margem direita do Amasonas, em vez de progredir, tem definhado consideravelmente.
A sua população compõe-se somente dos respectivos empregados, e suas familias, e das praças ali destacadas.
Dos 224 colonos, que para ali forão enviados no anmo de 1855, nem um existe, nem outros se tem estabelecido.
Assim a encontrei, quando a visitei, reconhecendo por mim mesmo o atraso, em que se acha, e o pouco proveito, que resultou das enormes despesas, que se tem feito com sua criação e conservação.

Sobre as condições de saúde em Santarém em 1862


As febres intennittentes paludosas com a entrada do verão, reappareceram na comarca de Santarem com indole menos grave e funesta, e affectando os indios em menor escala.
Pelas ultimas noticias, que recebi, existiam 35 enfermos accommettidos das mesmas febres, tendo já fallecido 6.
Declarando a camara municipal não ter meios sufficientes para o tratamento das pessoas pobres e desvallidas, que fossem affectadas deste mal, resolvi abrir um credito de 1:000$000 reis, nos termos do decreto n. 2884 de 1.º de fevereiro do corrente anno e auctorisei a camara a fazer estas despesas.

Notícias da Comarca de Santarém em 1840


O Baixo Amazonas constitue uma outra Comarca, tendo oito termos, e reunindo-se o Jury taõ somente em quatro, o que dá em resultado oito reunioens annuaes nas quatro cabeças de termos, alem das vizitas áos outros Municipios, e das correiçoens extraordinarias. Decidí, Senhores, se é possivel á um Juiz de Direito fazer um semelhante giro de Pauxis á Macapá no espaço de um anno! Cumpre observar-vos, que cada um termo tem o direito de possuir um Conselho de Jurados, tendo para isso o numero de Juizes competente, e, ainda quando o Governo se convença da necessidade de declarar qualquer outro Municipio com direito áo Jury, naõ reformará de certo o que foi á tal respeito deliberado em 25 de Janeiro de 1833, visto que á impossiveis ninguem pode ser obrigado. Esta consideraçaõ é applicada áos termos de todas as Comarcas, á Comarca da Cidade tambem cabe o, que expendí acerca dos inconvenientes resultantes da extensaõ e multiplicidade de termos.

Notícias da Vila de Tapajós (Santarém) e Monte Alegre em 1840


Tapajoz necessita reparar a sua Igreja Matriz: ella foi erecta com esmollas dos fieis, porem hoje suas contribuiçoens naõ podem chegar para os indispensaveis concertos. Essa importante Villa exige uma Casa de Camara e uma Cadeia. Alli bebe-se agua insalubre por falta de poços, ou chafarizes, e a construcçaõ de um Cimiterio constitue urna de suas primeiras necessidades. A sua Camara pede, que se extenda áos fasendeiros de seo municipio a disposição da Lei n.° 19.

Notícias de Santarém e Tapajós em 1850


Cabe aquí mencionar, que por participações recebidas do Commandante Militar de Santarern, e do Missionado do rio Tapajós ou rio Preto, datadas do mêz de Junho deste anno, constou alí grassar uma epidemia de febres, que tem produzido grande mortandade nos Indios das tres Missões de Cury, Santa Cruz, Ixituba, e no posto Militar de Itaituba. Pela Presidencia se ordenou já a remessa de medicamentos e de dinheiro para dietas, e até para mantimentos, pois no estado desgraçado daquellas povoações, a epidemia trouxe como conquencia a fome. 

Uma tentativa de assassinato em Santarém – 1850


Bastante sensivel me he ter de relatar que o Delegado de Policia de Santarem me participou, por officio de 04 de Agosto proximo passado, que no dia 2 do mesmo mêz, fôra gravemente ferido hum negociante Inglez residente n'aquella Cidade chamada John Heslops. Hum ladraõ, tendo-se-lhe introduzido em caza para o roubar, foi o autor de semelhante attentado, atirando-lhe huma facada a fim de poder evadir-se a seu salvo,, como de feito evadio--se. As autoridades policiaes fazem as possiveis diligencias para captura-lo. 

sábado, 7 de dezembro de 2019

Notícias da Câmara Municipal de Faro


Tendo a Camara municipal da villa de Faro solicitado desta presidência a necessaria autorisação para effectuar a permuta proposta pelo cidadão José Pinto Ribeiro, de uma casa de sua propriedade com a do edificio da referida camara, que se acha em pessimo estado de mina, dando a dita camara de torna áquelle cidadão a quantia de 3:500$000, submetto a vossa consideração o officio abaixo transcripto, que por ella me foi dirigido.
Tendo esta assembléa já votado uma verba para a reedificação do respectivo Paço Municipal, me parece que, em vista das allegações feitas pela referida camara, é de toda a conveniencia a adopção da medida por ella proposta, uma vez que, examinada a casa que a camara pretende adquirir, verifique-se estar em condições de servir ao fim a que é destinada. 

Notícias da Câmara Municipal de Óbidos em 1889


Attendendo ao que me solicitou a Camara Municipal de Obidos, resolvi, por acto de 19 de Novembro, approvar o contracto feito com o cidadão Ravmundo Antonio da Silva, para os reparos do muro e gradil da frente do respectivo cemiterio publico, pela quantia de 600$000.
Em 09 de Janeiro deste anno approvei igualmente o contracto feito com Antonio Caetano de Moraes, para o serviço da limpesa das ruas, praças, travessas, marinhas e cemiterio d'aquella cidade, como consta da copia do respectivo termo, que me foi enviada pela Camara.

Notícias da Câmara Municipal de Alenquer em 1888


Tendo a Camara Municipal de Alemquer representado a esta presidência sobre a conveniencia de ser suspensa a execução da lei provincial n. 1335 de 19 de Abril ultimo, que dividio em dois districtos de paz da cidade de Obidos, declarei a mesma Camara que, na hypothese figurada na alludida representação, não havia fundamento para que fosse suspensa a execução da referida lei, e nem eram procedentes as allegações contidas na mesma representação, em vista das disposições dos arts. 212 e 214 do Decreto Nº 8213, de 13 de Agosto de 1881, mas que, entretanto, levaria ao vosso conhecimento a supradita representação, a qual é do theor seguinte: 

Um panfleto de Elias Pinto sobre a Tecejuta



Datado de 07 de julho de 1964, este panfleto de Elias Pinto faz menção da importância da TECEJUTA para Santarém. A empresa fechou suas portas anos atrás e, em seu lugar, hoje se constrói um terminal de passageiros de transportes fluviais. Acervo ICBS.