terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Uma carta do prefeito Armando Nadler ao povo de Santarém – 1957

Meus munícipes

Posso afirmar-vos que me tenho esforçado por servir-vos no decorrer destes dois anos de Governo; que me tenho empenhado por conseguir melhor renda municipal e por aplicá-la da melhor forma e com melhor rendimento.
É trabalho árduo este e sobretudo ingrato, porque nos obriga a medidas que ferem interesses particulares, motivando ressentimentos de quantos irrefletidamente nos julgam, por estes atos, como injustos, caprichosos, atrabiliários ou mesmo cruéis e vingativos.
Não me afastarei, entretanto, desta linha de conduta, amparado pela fé no bom senso de todos vós; dele eu venho, graças a Deus, obtendo contínuas e alentadoras provas. Enquanto me ver amparado por elas estarei contando com o vosso apoio e honrado com o vosso estímulo.

Asseguro-vos que, se estamos com o problema da luz praticamente solucionado, as agruras da falta de água que estamos vivendo terá termo muito brevemente. Este tem sido para mim o problema número um do Município, e se ele dependesse exclusivamente de mim, estaria resolvido há muito. Meus esforços, desconhecidos de muitos de vós, mas que tem o testemunho do Superintendente da Valorização da Amazônia, dos técnicos deste serviço e daqueles do Departamento de Engenharia do Serviço Especial de Saúde Pública, tem sido ininterruptos.
Tenho fundadas esperanças, nestes dois próximos anos; não que vos esteja prometendo calçar todas as ruas, pavimentar todas as vossas estradas, levantar todas as pontes de que tendes necessidade, abrir crédito ilimitado a quantos estejam empenhados na lavoura e na pecuária, construir escolas e por toda parte, centros médicos e etc., mas simplesmente poder empregar mais recursos – um pouco por toda a parte – em benefício de todos vós que estais tão desejosos como eu de ver o Município progredir aceleradamente.
Tendes o direito de exigir de mim os maiores sacrifícios, e eu, de vós, toda a colaboração.
Esforcemo-nos todos, e saibamos ceder quando nossos interesses particulares colidirem com a necessidade pública.

Santarém, 31 de janeiro de 1957.

Armando Lages Nadler
Prefeito Municipal


Nenhum comentário:

Postar um comentário